Reunidos na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), no dia 6 de abril de 2016, diretores dos centros membros do CLACSO e pesquisadores brasileiros se pronunciaram contra a tentativa de golpe no país.